sábado, 15 de setembro de 2007

Viagem ao País Vizinho

Ir ao país vizinho sempre pode ser uma oportunidade para comprar coisas boas e baratas. Nem sempre. Dessa vez, foi frustrante. Eu nem ia, mas acabei indo. Quem resiste à tentação de comprar umas muambinhas para usar na cozinha, no quarto, no banheiro? E dá-lhe cremes, perfumes, e potes para uma infinidade de usos que acabam nunca sendo usados... mesmo sabendo que, no fim, espalho tudo na mesa da copa, e me arrependo infinitamente de ter gastado o meu rico e suado dinheirinho, fui, já programada para comprar aquilo que queria comprar. Dessa vez eu queria mesmo era um desses aparelhos de medir pressão com velcro, que é fixado no pulso, e registra a pressão arterial e os batimentos cardíacos... reflexo da idade... não sei porquê, vivo com pressão baixa... e tenho tal orgulho da minha pressão baixa que, mesmo caindo de cansaço e desanimo, quero registrar todo dia a minha pressão de moça... para exibir como um troféu para mim mesma. Então fui e entrei na loja, já decidida a comprar. Experimentei; pressão: 10x6, batimentos cardíacos 75. Tudo maravilhoso. Foi então que resolvi testar no meu marido: 15x8. Susto total. Ele nunca soube que era hipertenso. E não é. O aparelho estava maluquete, apertando o pulso com toda a fúria patriótica. Experimentei outro que inverteu o processo: regularizou a pressão dele e fez subir a minha. Era motivo para desistir da compra. Mas não desisti. Como ficaria meu sonho de consumo mais atual? Fui experimentando, até encontrar um que favorecesse a minha auto imagem de saúde. Finalmente achei: 10x6 de novo. Comprei. Em casa, descobri que fui enganada pelo aparelhinho caprichoso. A melhor performance que ele me proporciona é 13x8. Joguei o dito cujo falsificado no fundo da gaveta, e voltei ao meu velho aparelho com esfigmomanômetro que me faz torcer o pecoço para medir a minha própria pressão, mas pelo menos, é fiel para comigo. Felicidade é descobrir que o novo nem sempre é bom e que o velho nem sempre é inútil. Pelo menos, isso....

4 comentários:

debynew777 disse...

Ana querida..que delícia!!!Dei muitas risadas gostosas lendo seu ultimo texto,que maravilha!!!Estou em Curitiba de "babá" da Annelize,minha filha do meio,que levou um tombo de moto,mas grças a DEus nada sério,e estava precisando muito de alegria,e foi o q a leitura no seu blog me proporcionou!!Adoro tudo o que você escreve!!!Um grande beijo!!
Deborah

Abrahana disse...

Ah debynew, que bom que está tudo bem... agora saquei quem vc é... rsrs...

therezinha disse...

Oi minha querida amiga!!! Estou lendo... Estou adorando! Você escreve muito bem. Frases que adorei: "Ivo Guedes", "armário vazio, para guardar nada"," a alma está realizando o processo de desapego que a sabedoria recomenda" e "quando se aprende a viver está quase na hora de morrer", rs rs rs. Adorei!!! vou continuar lendo...Beijos.

Anônimo disse...

Thanks in favor of sharing such a good opinion, paragraph is pleasant, thats
why i have read it entirely

Feel free to visit my web site - kleenex coupons uk